IWRT afirmam-se um dos eventos maiores na promoção do turismo religioso e de Portugal


Portugal acolheu no final de junho de 2022 os Workshops Internacionais de Turismo Religioso (IWRT), que este ano celebraram o décimo aniversário, voltando a afirmar-se como um dos eventos maiores na promoção internacional do turismo religioso e de Portugal.

Os primeiros dois dias realizaram-se em Fátima, cidade onde se localiza um dos maiores santuários católicos do mundo, e os dois dias seguintes na cidade da Guarda, no interior do país, com uma profunda ligação histórica e cultural à tradição judaica.

Antes e após o evento os participantes puderam conhecer outras localidades, cidades e regiões como Ourém, Porto de Mós, Lisboa, Porto e Alentejo.

Desde a sua primeira edição, em 2012, o certame assume três como os seus principais objetivos: promover uma bolsa de contactos de negócio entre os participantes – este ano com total de 4.420 reuniões profissionais pré-agendadas; promover internacionalmente Portugal enquanto destino privilegiado de Turismo Religioso e reforçar a importância do Turismo Religioso no contexto do setor turístico mundial.

“Queremos que estes Workshops sejam referência mundial para o trade do Turismo Religioso, que sejam um efetivo acelerador da recuperação turística pós-pandemia”, referiu Purificação Reis, presidente da ACISO - Associação Empresarial de Ourém-Fátima, principal entidade organizadora dos IWRT, na sessão solene de abertura dos X IWRT, realizada no anfiteatro do Centro Pastoral de Paulo VI, um espaço do Santuário de Fátima.

Os IWRT são organizados pela ACISO e têm como principais apoios à organização a Câmara Municipal de Ourém, Câmara Municipal da Guarda, Turismo do Centro, Turismo de Portugal e Santuário de Fátima. A edição deste ano voltou a contar com a presença da responsável do Governo de Portugal pelas áreas do Turismo, Comércio e Serviços, a Secretária de Estado Rita Marques.

A retomar o formato presencial após a realização online da edição de 2021, os IWRT 2022 trouxeram a Portugal participantes de 47 países.

Para esta reportagem escolhemos falar com um dos sete participantes que se deslocaram da Argentina a Portugal: Isaac Cohen Chaluh, presidente da secção latino-americana do Centro Educativo Sefaradi em Jerusalém, que pela primeira vez participou no evento.

Isaac Cohen Chaluh disse-se agradecido pela possibilidade de participar e sublinha outras duas perspetivas que encontrou no evento, além da comercial: a da multiculturalidade e a da dimensão inter-religiosa. 

“A multiculturalidade é fundamental neste evento, gera amizade, vínculo, cria-se o conhecimento de Portugal e a vontade de dar a conhecer as judiarias no país; muitas pessoas, como eu, vão gostar de conhecer os lugares dos seus antepassados, que eram de Portugal e de Espanha”, começou por dizer.

Os X IWRT contaram com a participação de 122 hosted buyers e 123 suppliers, operadores de turismo. Na zona de exposição, 41 expositores de diversas entidades e empresas nacionais e internacionais mostraram os seus serviços e produtos. Na sessão e conferência inaugural, realizada na manhã de 23 de junho em Fátima, participaram 500 pessoas (incluindo as atrás referidas).

No intervalo de uma das várias reuniões que realizou em Fátima, Isaac Cohen Chaluh partilhou o que faria no regresso à Argentina: “Vou contar o que aqui vi e vivi, para gerar interesse, para envolver, para que as pessoas queiram conhecer o vosso país. Eu vim em particular para conhecer a parte do turismo judaico em Portugal. As nossas raízes [dos judeus] estão cá, a nossa história esta cá. Vou falar sobre isso no regresso à Argentina e em breve irei começar a trazer grupos. Ser sefaradi significa ser judeu com antepassados que viveram na Península Ibérica, sefardim quer mesmo dizer Península Ibérica. Todos gostamos de conhecer os nossos antepassados”.

“Mas estou a gostar muito de conhecer Fátima, do ponto de vista do turismo histórico e cultural. A espiritualidade de Fátima é sensível a todas as religiões do mundo”, refere.

“Na Argentina temos muitos jovens, nas idades entre os 25 e os 55 anos, que viajam muito, Espanha, Londres, Estados Unidos, Brasil... Portugal tem de ser mais um destino para viajar, porque vale a pena. Eu quero que a minha gente conheça este país que na minha opinião tem várias caraterísticas: a primeira, muito importante, é a segurança, depois a amabilidade,  empatia, a confiança, a alegria. Vocês portugueses são boas pessoas, são gente amável e generosa”, diz Isaac Cohen Chaluh.

Em 2018, com a entrada do município da Guarda como parceiro dos IWRT, a juntar-se assim ao município de Ourém de que Fátima faz parte, o turismo religioso judaico ganhou visibilidade, mas o evento não se ficou por aí, já que é notória a gradual presença de representantes de entidades e empresas originárias de países muçulmanos e/ou de crentes da religião islâmica. 

Este ano o destino convidado dos X IWRT foi o país muçulmano Jordânia, com uma delegação árabe e cristã ortodoxa a mostrar aos participantes a beleza e a riqueza cultural, história e natural do país.

Após os trabalhos em Fátima, alguns dos participantes dos Workshops Internacionais de Turismo Religioso rumaram à Guarda, para uma visita mais diretamente relacionada com a herança judaica, numa região com outros importantes interesses turísticos.

Na visita ao Museu Judaico, Isaac Cohen Chaluh agradeceu ao município de Belmonte, “em nome de toda a comunidade sefardim”: “Gracias a uds por explicar nuestra cultura y todo el sufrimiento que desgraciadamente pasaron los Judíos de la zona. Siempre hay momentos para el recuerdo y lo más importante es que nunca más va a volver a pasar por que lo que se recuerda nunca se olvida”.

À equipa organizadora dos X IWRT Isaac Cohen Chaluh também agradece: “Gracias Internationals Workshops on Religious Tourism - IWRT por la recepción y la invitación, fue un honor para mi haber participado del workshop, pronto volveremos con grupos del Centro Educativo Sefaradi en Jerusalem para recorrer todos los lugares que recuerdan la historia de los Sefaradim en Portugal la espiritualidad de Fátima es sensible a todas las religiones del mundo y este evento es una muestra de la convivencia y el respeto entre los pueblos”.

A Organização dos X IWRT é que agradece a vossa presença! Até à próxima!

LeopolDina Reis Simões, diretora de Comunicação dos X IWRT

Fátima, 28 de junho de 2022

[Também para INFOBAE / Argentina]

Comentários

Postagens mais visitadas